Guia de Social Selling: Converta Leads em Vendas nas Redes Sociais

Guide To Social Selling: How To Convert Leads Into Sales On Social Media

Você provavelmente já ouviu falar de Social Selling, ou vendas através das redes sociais. 

Se não, estamos aqui para informá-lo sobre tudo o que você precisa saber.

Não é o mesmo que marketing ou publicidade de mídia social, mesmo que contenha a palavra “social” nele.

O principal foco são as pessoas, ou seja, seus clientes potenciais direcionados, para desenvolver relacionamentos com eles através das mídias sociais.

Você quer saber se essa técnica funcionará para a sua empresa? 

Este tutorial sobre social selling mostrará o quão benéfico pode ser para o seu negócio.

Vamos começar essa festa!

Esboço:

O que é Social Selling? 

Social Selling é uma técnica de relacionamento que envolve conectar e interagir com seus clientes potenciais diretamente por meio de plataformas de mídia social, como Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram, etc.

É uma técnica popular para formar relacionamentos profundos com clientes em potencial, e, está substituindo cold calls.

 No entanto, não inclui nenhuma estratégia de venda difícil ou venda direta.

O Social Selling envolve canalizar o engajamento e a atividade das mídias sociais para o ciclo de vendas, nutrindo a comunicação bidirecional. 

Ela adota relacionamentos e ajuda a fechar negócios maiores em comparação com as estratégias tradicionais de marketing digital quando progride bem.

Benefícios do Social Selling

Benefits of social selling

 

A maneira como vendemos mudou ao longo dos anos. Trata-se de desenvolver relacionamentos fortes e de confiança com seus clientes atualmente. 

Quando você usa as mídias sociais para vender, passa a impressão de ser especialista e autoridade em seu setor. Isso lhe dá uma vantagem sobre seus concorrentes que ainda dependem de abordagens tradicionais de vendas.

O Social Selling usa as mídias sociais para alcançar pessoas relevantes e formar relacionamentos com elas. 

Isso mantém você como referência para seus clientes em potencial, tornando-o a primeira pessoa ou marca que vem à mente quando eles estão prontos para comprar um produto ou serviço como o seu.

Além disso, é a chave para a construção da marca, reconhecer seu mercado-alvo, estabelecer relacionamentos e ter um ciclo de vendas mais curto.

Claro, a venda social não é um conceito novo por nenhum trecho dos meios, mas é uma abordagem de vendas e marketing genuinamente desvalorizada, subutilizada e subvalorizada … que você definitivamente deve usar bem!

Quero dizer, veja estas recentes estatísticas de vendas sociais da OptinMonster

  • 76% dos compradores querem ter conversas nas mídias sociais com potenciais provedores;
  • 78% dos vendedores que usam vendas sociais estão superando colegas que não estão;
  • 84% dos executivos de Nível C usam as mídias sociais para tomar decisões de compra.

 

De acordo com o Digital 2021 October Global Stats Hot Report, co-publicado pela Hootsuite e We Are Social, mais de meio bilhão de pessoas se juntaram à várias plataformas populares de mídia social durante a COVID-19, levando a um total de 4,5 bilhões de usuários de mídia social.

Ainda não está convencido? 

Vamos dar uma olhada em mais algumas estatísticas sobre como o Social Selling pode escalar seus negócios para provar o ponto.

Benefits of social selling

 

Embora o Social Selling seja um componente crítico para qualquer estratégia de vendas moderna, a chave para o sucesso é focar no social, não na venda

Para ajudá-lo a fazer exatamente isso, temos uma rodada de dicas de Social Selling escolhidas a dedo e personalizadas para você considerar.

Mas vamos escolher uma plataforma social primeiro.

Qual plataforma usar?

Esta decisão é tomada com base no produto que você está vendendo e no público certo.

O Guia do Profissional de Marketing Sofisticado para o LinkedIn relata que 94% dos profissionais de marketing B2B usam o LinkedIn como canal de distribuição de conteúdo, em comparação com 89% no Twitter 77% no Facebook YouTube.

Embora cada plataforma ofereça seus relatórios de público e, às vezes, oportunidades de negócios, a ferramenta Sales Navigator do LinkedIn fornece comunicação personalizada e análises aprofundadas de desempenho.

What platform to use?
Fonte: Guia sofisticado do profissional de marketing para o LinkedIn

Enquanto isso, Facebook, Twitter e Instagram são ótimas plataformas para nutrir a comunicação bidirecional com seu público e convertê-los em clientes. 

Crie conteúdo de valor para o seu público interagir e que vá até a raiz do problema deles para resolvê-lo. 

A fidelidade do cliente certamente aumentará.

Dicas e estratégias para começar com o Social Selling

Para começar, crie uma conta da empresa nas redes sociais que seu público-alvo usa, caso ainda não tenha feito.

Como o Facebook é a plataforma mais popular em termos de volume de usuários, é um lugar maravilhoso para começar. 

As outras redes como Twitter, LinkedIn, Instagram, Pinterest, TikTok e talvez Snapchat são outros locais a serem considerados.

Configure tudo e comece a criar conteúdo de valor para que seu público comece a notar a sua presença na rede.

Coletamos algumas dicas e truques valiosos que podem ajudar as empresas a se aproximar do alvo maior e estabelecer um relacionamento por meio do Social Selling:

  1. Rede de forma eficaz

Quanto mais redes sociais você usa, mais clientes em potencial você recebe. 

Há chances de que clientes fiéis compartilhem seu perfil nas redes sociais com outras pessoas aumentando o seu alcance e possivelmente, gerando visibilidade para futuros clientes potenciais.

Então, crie apresentações, landing pages, vídeos e áudio e publique-os em todas as plataformas de mídia social em que sua empresa está presente.

Network effectively

 

  1. Sirva primeiro, venda depois.

Mostrar que você é humano e desenvolver um relacionamento são excelentes estratégias de Social Selling. 

Ainda assim, vendedores profissionais devem agregar valor antes que os outros acreditem no que estão dizendo. 

Só porque alguém optou por participar ou expressou interesse não significa que está implorando para você vender coisas para eles.

Servir antes de vender implica disseminar livremente informações importantes. 

Envolve encontrar respostas para os problemas sem colocar um valor monetário neles. 

Você estará no caminho correto se perguntar: “Como posso ajudá-lo?” em vez de “O que posso te vender?”

  1. Não negligencie os clientes existentes

Muitas empresas usam o Social Selling para se concentrar apenas na formação de novos contatos. 

No entanto, também é fundamental manter relacionamentos com seus consumidores existentes.

Conseguir um novo cliente pode ser cinco vezes mais caro do que manter um antigo. 

Se uma pessoa compra de você uma vez, é mais provável que compre de você novamente … desde que o relacionamento seja mantido.

Incentive seus clientes existentes a segui-lo nas redes sociais, se ainda não o fizeram.

Interaja com eles frequentemente através da produção de conteúdo de valor e respondendo suas mensagens.

  1. Use o marketing digital para reforçar seu Social Selling

Depois de criar uma página de rede social para aumentar seu público, você verá um bom tráfego gerado. 

Clientes fiéis e potenciais se envolveram com seu conteúdo e compartilharão sua página da web e redes sociais, levando a uma melhor visibilidade e reconhecimento da marca.

Para manter esse tráfego de visitas, você deve garantir que está respondendo a todos os comentários e consultas para funcionar sem problemas.

Além disso, faça questão de  aprenda a usar outros tipos diferentes de marketing junto com as vendas sociais para apoiar o crescimento do seu negócio.

  1. Preste atenção no que os outros têm a dizer

Nas mídias sociais, as pessoas gostam de reclamar sobre suas vidas. 

O delírio deles pode ser uma excelente oportunidade para você intervir e preencher os espaços em branco.

É provável que seus seguidores compartilhem informações sobre seus desejos e necessidades. 

Procure dicas e pontos problemáticos em mensagens e menções. Ser capaz de ajudar outras pessoas com esses problemas lhe dará uma chance realista de Social Selling

email automation

  1. Faça uma lista de empresas para as quais você gostaria de trabalhar e acompanhe-as.

Você já sonhou em conseguir um cliente de grande nome?

Com certeza!

No entanto, não precisa ser apenas um sonho.

Pequenas empresas e grandes empresas podem ser encontradas no Twitter, Facebook e LinkedIn por meio de perfis ou contas de empresas. 

Você pode se manter atualizado sobre as notícias corporativas seguindo essas marcas, como quando elas ganham um prêmio (e você pode enviar a elas um “Parabéns!” mensagem) ou quando eles pedem recomendações de produtos (e você pode enviar um convite para uma demonstração).

Se você é um profissional de marketing, isso é semelhante a como você abordaria seu plano de marketing baseado em conta.

Aqui estão algumas opções:

  • Faça uma lista de 5 a 10 empresas dos sonhos ativas nas mídias sociais e comece a segui-las agora mesmo. 
  • Quando puder, curta as postagens dessas empresas e comente sobre suas mudanças de status.
  1. Use ferramentas de pesquisa segmentando geograficamente seu público.

A segmentação baseada em localização está disponível em plataformas de mídia social. 

Isso permite que profissionais de marketing e representantes de vendas distribuam promoções para um grupo específico de pessoas.

Eles podem oferecer conteúdo fechado aos clientes e coletar feedback por meio de publicidade ou enquetes de geração de leads.

  1. Ofereça ofertas especiais

Todo mundo adora coisas grátis, então tente realizar sorteios ou fazer brindes nas mídias sociais. 

As pessoas adoram promover esses tipos de campanhas nas mídias sociais e, incorporando um formulário de inscrição, você poderá coletar informações valiosas sobre leads.

Certifique-se de fornecer um meio para as pessoas compartilharem a oferta nas mídias sociais na parte inferior do formulário.

Dessa forma, os participantes podem espalhar as notícias para suas redes, e você pode continuar a nutrir o relacionamento interagindo e reconhecendo suas postagens a cada menção.

  1. Use uma estratégia de indicação de amigo

Programas de indicação podem ser complexos, mas se você jogar bem suas cartas, eles podem ser uma ótima maneira de envolver seu público.

As referências são um excelente método para quebrar o gelo com clientes em potencial, com 92% dos clientes acreditando nas recomendações de seus amigos e parentes.

Crie recompensas atraentes tanto para quem indica quanto para quem foi indicado, como um brinde ou dinheiro

Pode ser o impulso final que seus clientes precisam para promovê-lo aos amigos e colegas deles.

Você pode criar rapidamente uma campanha de referência que abrange os principais sites de mídia social com um aplicativo social juntamente com sua plataforma de automação de marketing, permitindo que você aumente sua base de clientes rapidamente.

Você poderá observar o progresso e a eficácia da campanha, já que cada mensagem compartilhada terá um link exclusivo que rastreia as respostas em todas as etapas do evento de conversão. 

Você também poderá ver como os clientes em potencial estão ajudando a promover o conteúdo.

Aqui está um exemplo de uma campanha de referência para o Marketing Nation Online, nosso evento anual. 

Para ter a chance de ganhar um gift card da Amazon, os participantes foram incentivados a indicar seus amigos pelas mídias sociais.

Use a refer-a-friend strategy

 

  1. Aproveite o software de Social Selling

O software de Social Selling oferece uma compreensão minuciosa da idade de lead (data de criação – data de conversão) para que você possa direcioná-los focados em suas necessidades.

Com esse software, você pode aprender sobre as mudanças nos requisitos, o que ajuda a beneficiar e melhorar seu produto ou serviço.

Aqui estão algumas das ferramentas populares de venda social:

Navegador de Vendas do LinkedIn

LinkedIn Sales Navigator

O LinkedIn Sales Navigator é a ferramenta de rede mais poderosa para vendedores B2B.

Ele expande os limites além das contas regulares do LinkedIn para ver perfis e interagir com eles.

Os filtros de pesquisa permitem restringir os resultados de pesquisa e permitir que os vendedores se conectem com executivos de nível C. 

Você também pode criar suas listas com base em leads e contas — as tags são úteis!

Mentionlytics

Mentionlytics

Se você gostaria de monitorar as interações com os clientes e as tendências do mercado, o Mentionlytics é uma ótima ferramenta de monitoramento de mídia social.

Participe de discussões com clientes e aproveite as oportunidades de venda social. 

Ajude seus compradores a tomar uma decisão de compra informada e melhorar a capacidade de resposta da marca.

Hootsuite

Hootsuite

O painel personalizável da Hootsuite oferece uma única janela para visualizar uma quantidade substancial de conteúdo em todas as plataformas sociais. 

Você pode personalizar suas postagens no canal de mídia social e limitar-se ao conteúdo que gostaria de ver.

Além disso, o Hootsuite permite que você monitore e acompanhe o que as pessoas estão dizendo sobre sua marca e fornece uma interface fácil para responder aos comentários e comentários de postagens instantaneamente.

HubSpot

HubSpot

A ferramenta de monitoramento da HubSpot permite visualizar todas as atividades da caixa de entrada, incluindo novos seguidores, rastrear interações com clientes e integrar opções de acompanhamento e acompanhamento.

Sua ferramenta de relatório social oferece métricas sobre o público, postagens publicadas, interações, cliques, compartilhamentos, impressões, sessões, novos contatos e posições de topo na forma de gráficos simplificados. 

Você também pode atribuir leads a fontes específicas, desfrutando de um benefício extra do Business Intelligence (BI).

Brandwatch

Brandwatch

Brandwatch Analytics é uma plataforma de análise capaz que inclui recursos como extensas ferramentas de escuta social e identificação de influenciadores.

É uma ótima ferramenta de pesquisa de mercado para obter análises em tempo real, ficar de olho nas tendências do mercado e identificar influenciadores para expandir o alcance de uma campanha.

A plataforma permite que você personalize ferramentas para atender a necessidades específicas, analisar e estudar conversas sobre sua marca e encontrar novas ideias, inovações ou oportunidades.

Nutrir os esforços de Social Selling com a plataforma e as informações certas lhe daria a vantagem que você precisa para o desenvolvimento e a realização.

Quando seu público-alvo é obrigado a perceber seu conteúdo e aprender mais sobre seu produto ou serviço, o número de leads gerados será tremendo.

  1. Organize um evento ao vivo

Organizar um evento ao vivo para sua marca expande o horizonte.

Você também pode utilizar plataformas de mídia social para informar e atrair leads em potencial com antecedência.

É provável que essas marcas cresçam mais rápido e que sejam socialmente interativas com seus clientes fiéis e potenciais.

Esses eventos não precisam ser grandes ou com muitos detalhes.

Apenas crie um evento simples, de bate-papo ao vivo, na página ao vivo do Facebook para responder às perguntas frequentes é suficiente para aumentar o reconhecimento da marca.

  1. Crie e compartilhe conteúdo de valor

Criar, distribuir e promover conteúdo de valor é uma das melhores maneiras de atrair clientes potenciais e disparar suas vendas. 

Como parte de sua estratégia de Social Selling, você pode usar conteúdo para engajar seu público e impulsionar interações para o bem maior da sua marca.

Para misturar conteúdo e Social Selling, você pode publicar em blogs e artigos relevantes para o seu segmento-alvo nas redes sociais. 

Além disso, você pode fazer perguntas abertas, postar infográficos cativantes, responder a comentários e compartilhar brindes ou conteúdo para download.

Todos esses esforços, quando feitos corretamente, ajudarão você a atrair mais leads das redes sociais populares.

  1. Configure referências e alertas de rastreamento

Você pode criar campanhas de referência para entrar em outras plataformas de mídia social, reuniões e grupos através de uma página de mídia social.

Ao rastrear clientes em diferentes plataformas, fica mais fácil acelerar sua performance e alcançar o objetivo da missão. 

Enviar uma mensagem para outras plataformas por meio de referências e, em seguida, seguir as reações, dá às empresas a chance de criar conteúdos direcionados que ajudem a criar cada vez mais tráfego e interação.

Tudo pronto para alavancar o seu Social Selling?

A melhor maneira de superar desafios enquanto cresce seu nicho de negócios é misturando as estratégias de vendas e marketing por aí. 

Comece a experimentar o Social Selling e adote o aprendizado como sua principal habilidade. 

Praticar as principais estratégias de negócios de Social Selling mencionadas neste post ajudará você a se destacar da multidão.

Embora o Social Selling e o marketing nas redes sociais pareçam semelhantes, eles são bem diferentes. 

Ambos são maneiras poderosas de converter clientes e podem resultar em taxas de conversão extremamente altas para sua empresa.

Com uma abordagem escalável como o Social Selling, pequenas e grandes empresas podem alcançar um crescimento sustentável. 

Construir uma comunidade leal do seu público-alvo requer trabalho duro e um pouco de criatividade. 

Os esforços, no entanto, valerão a pena rapidamente.

Invista algum tempo para pensar sobre seu público e suas preferências. 

Criar campanhas com base nos interesses do público tornará o aumento do reconhecimento e lealdade da marca de forma fácil.

Tome algumas decisões planejadas e veja como você pode aproveitar estratégias de Social Selling para promover sua marca e aumentar seu ROI.

Boa sorte!

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.