Como evitar filtros de spam

Spam (também conhecido como lixo eletrônico) são mensagens não solicitadas, normalmente enviadas a um grande número de usuários para espalhar vírus de computador, fazer propagandas ou enganar os destinatários.

Os prestadores de serviços de e-mail (ESPs) analisam e filtram essas mensagens usando algoritmos e fórmulas sofisticadas. Para garantir que seus e-mails legítimos não sejam rotulados e cheguem à pasta de spam, você pode seguir as seguintes diretrizes:

Use apenas um endereço IP dedicado

Sua reputação como remetente pode ser muito baixa para enviar campanhas quando um IP dinâmico é usado para enviar e-mails. Isso acontece porque você não é a única pessoa que envia a partir desse IP, ou seja, você não pode ter controle total da sua reputação como remetente. A reputação do remetente é um dos principais parâmetros usados pelos filtros de spam para determinar os e-mails de spam.

Sempre verifique a reputação do seu IP

Recomendamos que você a verifique usando Talos Intelligence. Você também pode usar o Sender Score para obter relatórios de IP mais detalhados.

Verifique a validade das listas de e-mail para campanhas de saída

Para evitar que a reputação do seu IP seja prejudicada por um grande número de devoluções de e-mails inválidos, verifique sempre os e-mails. Ignorar esta etapa pode diminuir a reputação do remetente e resultar em mais e-mails sendo marcados como spam.

Siga as estatísticas da sua campanha por e-mail para determinar o efeito dela na reputação do remetente

Como as estatísticas da taxa de abertura e da taxa de reclamação de spam afetam a reputação do remetente, recomendamos que você monitore as estatísticas da campanha e as edite caso observe algum e-mail com desempenho ruim. Você sempre pode usar as estatísticas de taxas médias para comparação:

  • uma taxa média de abertura é de 20,81% para B2C e 15,1% para B2B;
  • as taxas de descadastramento e de spam não devem ser superiores a 0,5%;
  • a taxa de devolução deve ser menor que 2%.

Aqueça as novas contas de e-mail

Antes de enviar grandes campanhas de e-mail (com mais de 500 destinatários), aqueça a nova conta de e-mail com campanhas menores para preservar a reputação do remetente e fazer com que novas contas pareçam menos suspeitas para os ESPs.

Crie um nome de domínio e conta de e-mail separados para o marketing de saída

Idealmente, todas as suas campanhas de e-mail devem ser enviadas de contas SMTP separadas para não afetar a capacidade de entrega delas; portanto, envie todos os seus e-mails (de saída, transacionais, de marketing, boletins etc.) de contas SMTP distintas. Dessa forma, você estará 100% confiante com relação à reputação do seu remetente.

Configure seus registros SPF, DKIM e DMARC

Isso ajudará você a garantir que os e-mails enviados cheguem às caixas de entrada dos destinatários e salvem seus dados de phishers e hackers.

Aprenda a criar um registro SPF para o seu domínio aqui.
Leia como configurar o DKIM aqui.
Leia como configurar o DMARK aqui.

Evite usar palavras de spam na linha de assunto e no corpo do e-mail

Palavras acionadoras de spam na linha de assunto e no próprio e-mail disparam filtros de spam e os e-mails. provavelmente acabam na pasta de spam.

Envie e-mails com textos simples e diminua os de HTML

Embora os e-mails pesados com HTML não acabem necessariamente na pasta de spam, é extremamente provável que eles cheguem à pasta de promoções em vez da caixa de entrada principal. Se deseja evitar isso, alterne para e-mails com texto sem formatação.

Não use muitas fotos

Os spammers são famosos por usar imagens em vez de texto para evitar as verificações de palavras que acionam o spam. Os ESPs combatem isso analisando a proporção de texto para imagem dos e-mails. Mantenha a proporção de texto para imagem entre 80 e 20 para ficar seguro.

Adicione variáveis personalizadas aos e-mails

Enviar e-mails absolutamente idênticos a diferentes destinatários acionará os filtros de spam. Personalizar ajudará a evitar esse problema e dará um toque humano aos seus e-mails.

Não use muitas cores, fontes e palavras maiúsculas

Formatação excessiva é outra característica dos spammers. Os ESPs já estão atentos a isso e os filtros de spam podem marcar o seu e-mail caso use muitas cores, fontes ou excesso de palavras maiúsculas.

Não use muitos anexos

Anexos pesados ou variados são os preferidos dos remetentes de spam, portanto, os filtros de spam os analisam minuciosamente. Isso diminui a capacidade de entrega do e-mail.

Faça teste de spam em seus e-mails

Use ferramentas especiais de teste de spam, como o GlockApps, para verificar se o seu e-mail passará por todos os filtros de spam.

Observe as melhores práticas para envio de e-mails

Isso inclui:

  • não envie por meio de retransmissores abertos
  • anexe um link de descadastramento
  • não envie para listas de e-mail compradas
  • inclua o cabeçalho verdadeiro
  • envie e-mails com pelo menos uma frase longa

Atenha-se aos limites de envio de e-mails dos ESPs

Caso contrário, e-mails agendados simplesmente não alcançam os destinatários.

Não envie mensagens com endereços de e-mail corporativos genéricos

Mensagens enviadas para e-mails genéricos como info@empresa.com.br, vendas@empresa.com.br etc. simplesmente não serão abertas. A taxa de abertura também pode afetar a reputação do remetente.

Não rastreie links, a menos que seja necessário

O rastreamento de links pode prejudicar a capacidade de entrega dos e-mails.

Manter esses requisitos em mente ajudará a evitar os filtros de spam dos ESPs. No entanto, a reputação do remetente também pode depender da reação dos destinatários aos seus e-mails. Descubra o que leva as pessoas a marcarem e-mails como spam aqui.

Isso foi útil?
2 0