Como não receber e-mails marcados como spam pelo destinatário

Frequentemente, a reputação do remetente pode diminuir devido à alta taxa de reclamações de spam. Isso acontece quando os e-mails parecem suspeitos para os destinatários e eles os enviam manualmente para a pasta de spam.

Relatórios de spam infundados podem ocorrer com qualquer pessoa. Geralmente, existem alguns padrões que podem fazer com que os e-mails pareçam spam para o destinatário:

  • um e-mail não solicitado
  • uma linha de assunto estranha que não contém nenhuma informação específica ou é apenas um conjunto de números e símbolos
  • saudação genérica
  • vários destinatários
  • gramática e ortografia ruins
  • texto com cor brilhante

Quando esse tipo de e-mail é recebido, é provável que seja marcado como spam e, no caso de muitas reclamações, faz com que o endereço de e-mail seja bloqueado ou suspenso pelo ESP. No entanto, existem maneiras de impedir que isso ocorra. Veja o que pode ser feito:

  1. Peça às pessoas para se inscreverem.
    Os destinatários raramente sinalizam como spam os e-mails nos quais eles se inscreveram. E-mails frios geralmente recebem um número ainda maior de reclamações de spam. Os profissionais de marketing por e-mail podem diminuir o número de reclamações de spam, solicitando aos destinatários que se inscrevam, caso a oferta, serviço ou produto apresentado seja de interesse deles.
  2. Permita que as pessoas decidam com que frequência desejam receber os e-mails.
    E-mails frequentes podem irritar até mesmo aqueles que se inscreveram voluntariamente. Os e-mails não devem ser enviados com uma frequência de recebimento maior do que a escolhida pelos destinatários. É melhor permitir que os destinatários escolham e alterem a frequência de e-mails, incluindo um link para a página de preferências de e-mail no final da mensagem.
  3. Informe aos destinatários que você está enviando um anúncio.
    Considera-se um sinal de boas maneiras se apresentar, fornecer informações de contato e explicar o motivo do envio no início de um e-mail frio. Isso fornece ao destinatário todas as informações necessárias para julgar a credibilidade do remetente. Adicionar uma frase simples na parte inferior do e-mail com o intuito de informar ao destinatário que tipo de e-mail ele está recebendo e o porquê dessa mensagem é uma ótima opção para campanhas de entrada. Além de ser uma cortesia comum, esse esclarecimento também é exigido pela maioria das leis e regulamentos de e-mail.
  4. Não use linhas de assunto ou pré-cabeçalhos enganosos.
    O uso de linhas de assunto e pré-cabeçalhos enganosos pode gerar uma alta taxa de abertura, mas certamente será seguida por confusão, decepção e raiva. Ninguém gosta de ser enganado e é improvável que seja proveitoso um relacionamento com um cliente que comece com uma mentira. É uma boa prática usar a linha de assunto e o pré-cabeçalho para descrever de forma concisa o principal motivo da mensagem e apresentar apenas o suficiente da oferta para chamar a atenção do destinatário, evitando click-bait e informações irrelevantes.
  5. O nome do remetente precisa ser confiável e reconhecível.
    Se o destinatário souber e reconhecer o nome do remetente na caixa de entrada, é mais provável que ele abra o e-mail e interaja sem rotulá-lo como spam. A confiabilidade pode ser criada por meio do uso consistente do mesmo nome de remetente, além do nome da empresa, por exemplo: Marina do Snov.io.
  6. Evite palavras de spam.
    Palavras como grátis, [N]% de desconto, agora etc. não parecem confiáveis para os filtros de spam e para os destinatários. As pessoas costumam marcar esses e-mails como spam sem nem mesmo abri-los. Você pode encontrar (e baixar) uma lista de mais de 550 palavras ativadoras de spam aqui.
  7. Sempre use variáveis de personalização.
    A personalização faz com que os e-mails pareçam ter sido criados especificamente para esse destinatário. Isso não apenas faz com que os e-mails pareçam reais e relevantes, mas também pode melhorar a taxa de cliques. Use a personalização na linha de assunto e no corpo do e-mail. Você também pode adicionar variáveis de personalização à sua campanha de gotejamento por e-mail – saiba como.
  8. Reduza o número de cores, fontes e palavras maiúsculas no e-mail.
    Obviamente, tudo isso aumenta a taxa de reclamação de spam. Receber uma cópia de e-mail mal feita pode destruir a confiança com relação ao remetente, especialmente considerando que o uso de textos coloridos e palavras-chave maiúsculas faça parte da assinatura de spammers. Recomenda-se manter uma única cor e fonte de fácil leitura.
  9. Dê às pessoas o direito de se descadastrarem.
    Todos os e-mails de marketing devem ter um link de descadastramento ou dar aos destinatários a opção de se descadastrarem respondendo ao e-mail. Não dar aos assinantes a opção de se descadastrarem não apenas viola várias leis internacionais, como também garante que o remetente seja rapidamente colocado na lista de spam. Leia o nosso guia passo a passo sobre como adicionar um link de descadastramento aos e-mails e encontre instruções mais detalhadas sobre como fazê-lo.

Lembre-se dessas dicas e diminua o número de reclamações de spam de destinatários.

Leia aqui sobre o lado técnico dos filtros de spam e descubra como não ser rotulado como spam pelo ESP.

Isso foi útil?
0 0